HOMENAGEADOS

Paes Loureiro

É um escritor, poeta e professor universitário brasileiro. Professor de filosofia da arte, poética e cultura amazônica, na Universidade Federal do Pará (UFPA). Foi Secretário de Cultura, de Educação de Belém e do Pará, Superintendente da Fundação Cultural do Pará e Presidente do Instituto de Artes do Pará. Estreou literariamente aos 11 anos quando teve seu primeiro poema premiado e publicado nacionalmente. Recebeu, pela Associação de Críticos de Arte de São Paulo, prêmio nacional de poesia com o livro "Altar em Chamas". Finalista do Prêmio Jabuti com o livro "Romance das Três Flautas". Tem livros traduzidos para o Japão, Alemanha, França, Itália e com publicação em Portugal. É Mestre em Teoria Literária e Semiologia pela PUC de Campinas, São Paulo e Doutor em Sociologia da Cultura pela Sorbonne, Paris, França.  


Zélia Amador

É professora da Universidade Federal do Pará desde 1978, na qual ministra, além de outras disciplinas: História da Arte; História e Teoria do Teatro; Estética. É atriz e Diretora de Teatro. É Pesquisadora e referência no ativismo do Movimento Negro. Sua fala toca em pontos como a existência do racismo na sociedade e as formas de diálogo para combatê-lo. Foi co-fundadora do Centro de Estudo e Defesa do Negro no Pará (Cedenpa). Em 2001, integrou a comissão brasileira na 3ª Conferência contra o racismo da Organização das Nações Unidas (ONU), na África do Sul. Na UFPA, foi vice-reitora, cofundadora do grupo de estudos Afro amazônicos e coordenadora da Assessoria da Diversidade e Inclusão.